PT e PSOL votaram contra o Marco do Saneamento Básico que acabará com esgoto a céu aberto em todo o Brasil

O Senado aprovou nesta quarta-feira (24) o projeto de lei do novo marco legal do saneamento básico. O PT e o PSOL são contra o projeto que permite aos Estados a opção de terceirizar os serviços e define prazo de universalização da prestação de saneamento básico.

O PL 4.162/2019 foi apresentada pelo governo federal, vê no marco regulatório uma possibilidade de universalizar a cobertura de água e esgoto até 2033, prazo determinado pelo projeto. A expectativa é que a alteração possa movimentar R$ 700 bilhões de investimentos nesse período.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s